Fundação da Juventude abre candidaturas para programa de estágios no MAAT

Promovido pela Fundação da Juventude, as bolsas de estágios no MAAT destinam-se a jovens que se encontrem a frequentar o ensino superior

Estão abertas as inscrições na Fundação da Juventude, para estágios no MAAT. Os destinatários destas bolsas são jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 25 anos, que se encontrem a frequentar o ensino superior universitário nanas áreas da Ciência (Ambiente, Electricidade, Electrónica, Energia, Física e Química), Arte (Arquitectura, Arte Multimédia, Artes Plásticas, Ciências da Arte e do Património, Comunicação Cultural, Estudos Artísticos, História da Arte, Museologia, Produção e Gestão Cultural) ou Comunicação/Relações Públicas.

Aos estudantes que participarem neste Programa é atribuída uma bolsa mensal de estágio no valor aproximado de aproximado de 240 euros (Ciência), 320 euros (Comunicação/Relações Públicas) e 400 euros (Arte). E são ainda abrangidos por um Seguro de Acidentes e pelo reembolso das despesas de transporte (passe social mensal) até ao máximo de 35 euros por mês.



As inscrições estão abertas até 24 de Setembro em www.fjuventude.pt. Os candidatos pré-seleccionados terão uma formação inicial, de presença obrigatória, de 3 semanas, a tempo parcial, ministrada pelo museu, no final da qual serão seleccionados os jovens a frequentar o estágio de 6 meses que tem início a 6 de Novembro. Os estágios terão uma carga horária semanal entre as 12 horas para a área da Ciência, 16 horas para a Comunicação/Relações Públicas e de 24 horas para a área da Arte, distribuídas por dois a cinco dias, entre as 12 e as 20 horas. Os estagiários que obtiverem melhor classificação poder-se-ão candidatar a um segundo estágio. De acordo com a Fundação da Juventude, promotora do Programa de Estágios MAAT, este “o principal objectivo do programa de estágios é proporcionar aos jovens um aprofundamento dos seus conhecimentos técnico-científicos, através do contexto real de funcionamento do museu”.

Ricardo Carvalho, Presidente Executivo da Fundação da Juventude adianta que “o programa de estágios não só constitui uma forma de aprofundar conhecimentos técnico-científicos como também um meio de levar os jovens a desenvolver capacidades pessoais de liderança, gestão de grupos, espírito de iniciativa e de equipa, compromisso e disciplina. Trata-se de um programa que se tem vindo a renovar anualmente, reflectindo-se o seu sucesso não só no aumento do número de estágios”.

Dinheiro Vivo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*